21 set Infertilidade e Evolução da Medicina

Uma das preocupações atuais da mulher moderna é se quando resolver engravidar, se terá dificuldades.

Pelo ritmo profissional atual, não é incomum que as mulheres resolvam engravidar após os 35 anos, aliando este importante momento da vida a seu ritmo de trabalho, muitas vezes exaustivo.

Quanto à função dos ovários, é fato que a produção de folículos ovulatórios começa a decrescer gradualmente a partir desta faixa etária. Esta redução se torna mais pronunciada após os 40 anos de idade.

Por outro lado, algumas doenças que podem gerar dificuldades para engravidar (como endometriose, por exemplo) têm nesta faixa etária um aumento do número de casos diagnosticados.

Contudo, paralelamente a estas questões, o bem-estar físico e mental da mulher pode ser protetor para problemas que podem levar a dificuldades para se engravidar. Exercícios físicos, constates mas não exagerados, aliados a ações que levem a um bem-estar mental, têm, comprovadamente, ação protetora sobre o organismo feminino.

Por outro lado, um controle ginecológico periódico pode ser muito útil para que problemas sejam precocemente diagnosticados e tratados, evitando surpresas desagradáveis no momento que a mulher desejar engravidar.

Por fim, houve grandes avanços no campo da medicina reprodutiva, com a modernização das técnicas de reprodução assistida, que têm ajudado muitos casais a atingirem este ideal.

Assim, cuide-se globalmente!

Dr. Mauricio Abrão
CRM 52842