Tratamento da Dor

Sentir dor faz parte da vida de qualquer ser humano. No entanto, quando a dor deixa de ser um sinal de alerta (dor aguda relacionada a uma lesão) e passa a afetar a qualidade de vida, pode se tornar a própria doença e precisa ser combatida o mais precocemente possível. A dor crônica ou persistente de qualquer local do nosso corpo, como coluna, cabeça ou, por exemplo, a pelve, prejudica sono, lazer e causa irritabilidade.

 

Pesquisas indicam que as chances de sucesso no tratamento da dor são maiores quando os pacientes são atendidos por uma equipe especializada e integrada no tratamento da dor. Esta área de atuação existe no mundo desde 1945 e no Brasil há mais de 25 anos. Várias técnicas são combinadas e orientadas por um médico especialista no tratamento dos mais diferentes tipos de dores como dores pélvicas, dores de cabeça, dores lombares, cervicais e torácicas, fibromialgia e outras dores musculares, artrites, artroses, tendinites, bursites e dores neuropáticas.

 

O médico especialista em dor poderá prescrever analgésicos de forma individualizada, realizar bloqueios dos nervos que levam a dor para o cérebro, orientar fisioterapia, psicoterapia para alguns casos, massagens, exercícios e acupuntura, todos estes com único objetivo: melhora da dor, da capacidade e funcionalidade nas atividades do dia a dia.

Saiba Mais