Patologia do trato genital inferior

HPV e câncer de colo uterino são fantasmas que assustam. As ferramentas existentes na prevenção e no diagnóstico precoce de tais doenças estão acessíveis a todas as mulheres, por meio do Papanicolau (exame citológico) e de sua complementação com o exame de colposcopia. A colposcopia é um exame que permite visualizar em um maior aumento o colo uterino e a vagina, podendo, dessa forma, identificar lesões cuja visualização seria impossível a olho nu.

 

Consiste em um procedimento realizado no próprio consultório médico, indolor, no qual, com a ajuda de reagentes químicos, consegue-se identificar possíveis lesões precursoras de câncer de colo uterino e, desta forma, a partir da realização de uma biopsia dirigida, estabelecer a confirmação diagnóstica. A complementação do exame é feita com a vulvoscopia, na qual pequenas verrugas genitais podem ser visualizadas e diagnosticadas. Ademais, outras lesões tênues que podem evoluir para câncer de vulva também podem ser diagnosticadas e tratadas em sua fase inicial, permitindo tratamentos menos invasivos.

 

O diagnóstico precoce permite um tratamento definitivo muito menos invasivo do que o realizado quando o diagnóstico é firmado em fases avançadas da doença. Todo esse acompanhamento pode ser feito na Clínica Medicina da Mulher, por de um atendimento personalizado, humanizado e esclarecedor.