Mastologia

O câncer de mama talvez seja a doença que mais assuste a mulher moderna devido ao aumento progressivo de sua incidência. O papel do ginecologista é orientar a prevenção, realizar diagnóstico precoce e, se necessários, propor tratamentos eficazes que procurem preservar a estética e a qualidade de vida da paciente.

 

Para a prevenção do câncer de mama a mulher deve manter hábitos de vida saudáveis, como alimentação pobre em gordura e prática de exercícios. Estes fatores diminuem o risco desta doença, porém não suspendem a necessidade de rastreamento.

 

Quanto mais cedo for feito o diagnóstico da doença, menores serão suas consequências e maior será a possibilidade de cura. Para detectar o câncer de mama é importante observar fatores como a incidência familiar da doença, se a mulher amamentou (principalmente antes dos 25 anos), realizar exame clínico, ultrassonográfia das mamas e mamografia anualmente a partir dos 40 anos de idade.